Povo de Myanmar: Mandalay Boy

 

No comecinho do ano, tive a oportunidade de visitar um lugar que realmente sonhava em conhecer. Desde quando ainda era fechada ao turismo, a Birmânia, ou Myanmar, como hoje é conhecida, povoava meu imaginário.

Durante minha visita, pude ver o quão hospitaleiro, agradável, lutador e belo é o povo de Myanmar. A ditadura ferrenha sob a qual ainda vivem, parece não abalar esse povo de grande maioria budista.

Em Myanmar, crianças e mulheres usam um pó no rosto, que a princípio parece que esqueceram de limpá-lo. Mas em pouco tempo você se dá conta de que é mais do que isso: essa “sujeirinha” se chama creme de tanaca e é feito com o pó da árvore de mesmo nome.

Povo de Myanmar: Visita ao Templo de Mingun

 

A tanaca é usada como protetor solar, mas no interior do país também é como se fosse um adorno, ou uma maquiagem.

Povo de Myanmar: crianças e suas peripécias

 

Meus encontros com as pessoas locais quase sempre tiveram momentos de ternura. As crianças são, como sempre as mais curiosas, querem brincar com você, riem muito, e até vão fazer do seu tripé um brinquedo esquisito – como o garotinho lá no fundo brincando com o meu.

Povo de Myanmar: o pintor de Bagan

Jovem pintor na cidade de Bagan.

Povo de Myanmar: o escultor de pedras de Mandalay

 

Sendo o Myanmar um país muito pobre, é comum que as crianças trabalhem desde cedo. O garotinho acima não está usando tanaca no rosto. Seu rosto está coberto pelo pó do mármore no qual esculpe imagens do Buda, mas o fato de trabalhar desde cedo não tira lhe tira o sorriso do rosto.

Povo de Myanmar: Mulher Padaung

 

O governo da Birmânia reconhece 135 diferentes grupos no país, e uma das tribos que mais chamam a atenção dos visitantes é a tribo dos padaung, aquela das mulheres-girafa. Elas são assim conhecidas por usarem vários anéis no que alongam o pescoço, e muitas famílias se refugiaram no norte da Tailândia, onde hoje são uma “atração local”.

Povo de Myanmar: Mulher Padaung

Garoto padaung trabalhando objetos em prata.

Povo de Myanmar: Mulher Pa'O

 

Outra tribo com aparência muito distinta são os pa’O (com O maiúsculo mesmo!). Os pa’O estão concentrados principalmente no estado de Shan, onde fica o lago Inle. Mas assim como os padaung, muitos deles também se refugiaram no norte da Tailândia. O turbante, muitas vezes uma toalha, é sua marca registrada.

Só queria te avisar que, se você reservar alguma coisa pelos links do blog, eu recebo uma pequena comissão. VOCÊ NÃO PAGA NADICA A MAIS, mas com certeza estará ajudando o blog. Obrigado!


RESERVE SEU HOTEL AQUI || INGRESSOS PARA MUSEUS E EXCURSÕES
TRANSFER DO AEROPORTO || VOOS BARATOS

Povo de Myanmar: Visitando o Templo de Mingun

Jovem do vilarejo de Mingun.

Durante minha viagem, tive um problema com o barco que nos levaria do vilarejo de Mingun de volta  a Mandalay.

Povo de Myanmar: Visitando o Templo de Mingun

 

O bom desse imprevisto foi que tive a oportunidade de me relacionar com um número maior de pessoas de lá, que com certeza estão entre as mais simpáticas que conheci durante a viagem.

Povo de Myanmar: Visitando o Templo de Mingun

 

E como falar dos Birmaneses e não falar dos monges budistas? Por toda o Myanmar você vai também ver monges. Muitos monges, o que dá assunto pra um post só sobre eles. Por isso vou apenas compartilhar algumas fotos de jovens monges e ser econômico com as palavras – por agora.

Povo de Myanmar: Monges em Mandalay

Aqui jovens monges fazem fila para a refeição.

Povo de Myanmar: Monges em Mandalay

 Crianças estudando no monastério de Bayagan, em Inwa.

Povo de Myanmar: Monges em Mandalay

 Um jovem com quem passei uma tarde inteira visitando diferentes pagodes.

Com tanta beleza e pessoas tão simpáticas e hospitaleiras, Myanmar com certeza entrou para a lista dos países pelos quais o Pedro é apaixonado, que inclui a Omã e a República da Geórgia, entre outros.

Aguardem as próximas postagens sobre o país, muitíssimo em breve.

E você, já pensou em visitar a Birmânia?

Curta-nos no Facebook.
Siga Travel with Pedro no Twitter.
Siga Travel with Pedro no Instagram.
Siga Travel with Pedro no Pinterest.
 

Outros Posts:

5 Responses

  1. Carol Akemi

    Oi Pedro!
    Estou pensando em ir para la no final desse ano e seu post me deixou ainda mais empolgada 🙂
    Qual foi seu roteiro no país?
    E voce utilizou agencia ou fez todos os passeios por conta propria?
    Tem algum hotel ou albergue que recomende?
    Obrigada!
    Bjos

    Responder
    • Pedro

      Oi Carol! Tudo bem? O país realmente merece uma visita, era um dos poucos dos lugares que eu ainda sonhava em conhecer. Meu roteiro foi Mandalay, Bagan, Inle e Yangon. Fique de olho, pois tem vários posts sendo preparados – mais fácil se assinar nossa newsletter.:-)

      Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published.

CommentLuv badge