Visitar Wadi Bani Khalid Omã

Olhando as fotos de minhas viagens ao Oriente Médio, vi que já estava passando da hora de falar sobre os wadis do país. Os wadis são vales no deserto, geralmente secos, exceto nos períodos chuvosos. Em Omã, no entanto, muitos deles possuem rios perenes. São verdadeiros oásis, daqueles que a gente vê em filmes, e na minha última viagem à região, pude visitar Wadi Bani Khalid em Omã.

Visitar Wadi Bani Khalid Omã

Wadi Bani Khalid (pronunciado ralí) está localizado próximo à estrada que liga Muscat e a cidade de Sur. É possível visitá-lo num bate e volta saindo de Sur, mas quem tem fôlego pra enfrentar 255km em cada trajeto, pode também fazer o passeio saindo de Muscat. O passeio foi uma das paradas que meus amigos omanis fizeram durante uma viagem pela província de Sharquiya, uma das mais belas do Omã.

Entramos numa estradinha asfaltada por entre altas montanhas escarpadas, áridas, e as pequenas tamareiras já davam sinal de que estávamos nos aproximando de um oásis. Passamos por um ou outro carro, até que estacionamos. Ainda tivemos que andar uns cinco minutos, num calor que queimava a pele. Pequenas piscinas naturais apareciam aqui e acolá, e logo chegamos na parte do wadi onde a maioria dos visitantes se concentram.

Visitar Wadi Bani Khalid Omã

A vista e a sensação eram, realmente, de tirar o fôlego. O contraste das montanhas marrom-alaranjadas, secas sob o calor de quarenta graus, com a enorme piscina natural de cor verde esmeralda, me fez sentir numa cena do filme Pedro das Arábias, do qual eu era o protagonista.

Visitar Wadi Bani Khalid Omã

A área não está totalmente estruturada para o turismo. Nada bares servindo sex on the beach, o que se vê aqui é algo bem autêntico. Ao redor dessa piscina está a área principal de pic-nic, onde havia várias famílias omanis, indianas, e paquistanesas, desfrutando do sol naquela sexta-feira, que no mundo muçulmano corresponde ao nosso domingo. Muita gente aproveitava o calor para nadar – de camiseta, nada de sunguinha ou biquíni por aqui. Ficamos por ali alguns minutos, assistindo a alguns adolescentes saltarem de uma pequena ponte, nas águas que chegam a seis metros de profundidade.

Com muito calor, e com o sol me queimando a testa, paramos para um refrigerante no pequeno quiosque. Depois fui andar mais ao fundo do vale, enquanto meus amigos ficaram descansando.

Só queria te avisar que, se você reservar alguma coisa pelos links do blog, eu recebo uma pequena comissão. VOCÊ NÃO PAGA NADICA A MAIS, mas com certeza estará ajudando o blog. Obrigado!


RESERVE SEU HOTEL AQUI || INGRESSOS PARA MUSEUS E EXCURSÕES
TRANSFER DO AEROPORTO || VOOS BARATOS

Fui andando ao lado das rochas perfuradas pelas águas deste manancial, procurando um lugar mais escondido para nadar com mais tranquilidade. Parei num cantinho, onde vários omanis estavam nadando, tirei a roupa, e fui nadar. Acabamos nos falando e, por coincidência, eram vizinhos dos meus amigos, e seguimos trocando idéia. Enquanto eu nadava, percebi que vários peixinhos começaram a morder meu pé, assim como aconteceu na minha visita ao Sumidouro de Bimah.

É possível explorar a área mais a fundo e fazer um mini trekking, mas com o calor intenso, preferi deixar pra outra ocasião, talvez na próxima viagem. Afinal, o que é bom deve ser degustado devagarinho, e não devorado, verdade?

Mais tarde me encontrei novamente com meus amigos, que se recusavam a entrar na água, e voltamos para o carro, pois eles tinham que fazer uma das cinco orações diárias dos muçulmanos. Se dependesse de mim, teria ficado mais tempo por lá. Afinal, se o Paraíso ficasse no deserto, com certeza ia se parecer com Wadi Bani Khalid.

 

COMO VISITAR WADI BANI KHALID EM OMÃ

Wadi Bai Khalid está situada ao norte do vilarejo de Al-Kamil, próximo à estrada que liga Muscat a Sur. Várias agências em Muscat organizam tours para Wadi Bani Khalid, junto com outros wadis, ou mesmo uma visita a Sur.

Para quem vai de carro próprio saindo de Muscat, siga a sinalização para a Route 1, depois as Routes 15 e 23, passando por Ibra. A duração é de pouco mais de três horas.

Leve bastante água e comida. Tem um pequeno bar no local, mas o horário de funcionamento costuma ser errático.

Você gostou deste post? Então curta nossa página no Facebook para saber sobre as próximas atualizações.

 

9 Responses

  1. Ana Luiza

    Olá Pedro! Descobri seu blog, e adorei as informações sobre esses destinos tão exóticos e fora de rota. Pretendo conhecer “in loco” qualquer hora dessas, por enquanto, a viagem está sendo através dos livros mesmo!
    Abraços,
    Ana Luiza

    Responder
  2. Christiane

    Oi Pedro!!! Tenho acompanhado seu blog há um tempo pois é um dos poucos onde encontro informações sobre Omã, lugar que quero visitar. Mas estou com uma dúvida por não encontrar informações na net. Como você ja fez essa viagem algumas vezes talvez possa me ajudar.
    Estou indo para Dubai por 20 dias. Vou pela Emirates e ja tenho visto. Só que gostaríamos de fazer uma viagem de carro à Omã, partindo de Dubai, pra passar 7 dias visitando alguns locais, e voltar para Dubai 1 ou 2 dias antes do vôo de volta para o Brasil. Sei que vou precisar de outro visto para voltar para Dubai, mas não encontro nada à respeito sobre como tirar o visto que me permita voltar à Dubai por terra.
    Você que ja fez essa viagem algumas vezes, teria essa informação? Obrigada pela atenção! Chris.

    Responder
    • Pedro

      Oi Chris! Obrigado por visitar o blog! 🙂
      Chris, infelizmente não sei te responder. Sempre que faço este trajeto, uso o passaporte brasileiro em Omã e o europeu pra entrar nos Emirados Árabes. O seu visto permite múltiplas entradas? Se este for o caso, vale a pena comprar um voo pra Muscat – meio caro – pra você não perder a oportunidade de conhecer o país.

      Responder
      • Chris

        Oi Pedro!!
        Obrigada pela atençao!!
        Acabei comprando um bilhete pra sair de Muscat em direção ao Dubai no mesmo dia da minha volta ao Brasil, com 2h de conexão, logo nem precisarei sair da área internacional. Vai dar certo!! rsrsrsr
        Você teria um guia ou uma agencia pra me indicar em Muscat?
        La aluga facil um carro que rode nas estradas de la?
        Nosso plano é ficar uns 2 dias em Muscat, descer de carro pela costa até Sur e subir por Ibra ate Nizwa, visitando alguns locais, e ficar mais uns 2 dias em Nizwa, pra depois voltar pra Muscat. Vamos ficar uns 8 dias no total em Oman.
        Mais uma vez obrigada pela atenção.

  3. Larissa

    O que é a cor dessa piscina? Uau!!! Hum, e tâmaras, que delícia! E dá para conhecer esses lugares sem ter amigos “locais”? Dá pra se virar no inglês? Nunca fui a um destino exótico, mas morro de vontade. Um beijo (te espero em Lavapiés para um dia de cañas e tapas)

    Responder
    • Pedro

      Oi Isaac, desculpe-me pela demora em responder! Quando fui, oficialmente, não é permitido acampar lá, infelizmente.

      Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published.

CommentLuv badge